SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1On the possibility of conciliating the ideal of integral health care and the cacophony of health demandsCoronary artery disease in climacteric and social exclusion author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Saúde e Sociedade

Print version ISSN 0104-1290
On-line version ISSN 1984-0470

Abstract

VARGA, István van Deursen. Fronteiras da urbanidade sanitária: sobre o controle da malária . Saude soc. [online]. 2007, vol.16, n.1, pp.28-44. ISSN 0104-1290.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902007000100004.

Propomos aqui uma discussão sobre a população rural como objeto de políticas e práticas no campo da Saúde Pública. Interessa-nos identificar quando, de que modo e em que contextos econômicos, políticos e ideológicos ela foi ou vem sendo contemplada com serviços e/ou ações específicas de saúde por parte de instituições públicas. Para isso, enfocamos as políticas de combate à malária, reconhecida, ainda em nossos dias, como a endemia de maior impacto sobre a população rural da Amazônia. Trata-se, portanto, de uma discussão sobre a trajetória das políticas de controle de endemias no Brasil (no contexto da trajetória das políticas de saúde), em especial sobre as instituições responsáveis por sua execução, ilustrada com dados empíricos e trechos de entrevistas que colhemos em trabalhos de campo no Maranhão o estado com a maior porcentagem de população rural do Brasil. Concluímos com um estudo de caso sobre dados e tendências atuais da malária no estado, e com alguns comentários sobre os atuais desafios para seu controle.

Keywords : População rural; Saúde Pública; Malária; Maranhão.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License